Comprei o livro pela capa, que é uma graça…um gatinho muito lindo e tive uma agradável surpresa com esse livro. Com uma leitura simplesmente tocante que enfatiza os sentimentos de amor e amizade, o autor desenvolve de forma romântica e até filosófica uma verdadeira lição de vida.
Filólogo e escritor, o catalão Francesc Miralles constrói em Amor em Minúscula uma fábula sutil sobre oportunidades perdidas e novas chances. Entendemos que por um detalhe, com apenas um pequeno ato de bondade _ “um amor em minúscula“, pode atribuir de forma radical a transformação de uma vida. É o que acontece com o protagonista Samuel que vivia fechado na solidão de seu apartamento, do qual só saia para dar aulas. Mas neste mundo isolado que construiu para sí, começa a desabar no dia em que um gato aparece à sua porta. Na tentativa de achar o seu verdadeiro dono, Samuel faz contato pela primeira vez com seus vizinhos, formando assim um novo elo de amizades, desencadeando-o em muitas aventuras e mudanças, que o fará retonar a uma vida completamente diferente onde até mesmo reencontrará o seu verdadeiro amor.
Apresentando de forma singela, sem pretensões, um texto simples que nos faz refletir e ver que nosso futuro depende de estímulos, de mínimos atos, como o de alimentar um gato… E o quanto é importante agir, usufruir de nosso livre-arbítrio ao verdadeiro sentido da vida.

Dálmata

Origem: Dalmácia

Tamanho: Médio

Características de comportamento:

O Dálmata é um cão que necessita de ambientes amplos para ser criado devido ao seu alto nível de atividade. É muito obediente e sociável. Tem uma incrível facilidade de adaptação às mais diferentes temperaturas. Muito bom para conviver com crianças pois tem uma índole calma e protetora.

Padrão da raça:

Tanto os machos quanto as fêmeas têm o mesmo tamanho, variando entre 48 e 59 cm de altura de cernelha. As cores aceitas são o branco com pintas pretas ou o branco com pintas castanho-escuras.

O Chihuahua é considerado o menor cachorro do mundo. Apesar disso, ele possui uma natureza forte e caça, em forma insuperável, pequenos roedores. É classificado como cão de salão e de luxo, e possui toda a graça travessa do Terrier. Como cão de guarda está sempre alerta. É extremamente fiel ao seu dono. Hoje em dia, é criado também em países de clima mais rigoroso com muito sucesso, mas a origem da raça é mexicana.

A cabeça deve ser grande, redonda e proporcional ao corpo, assim como os olhos. O stop (encontro do focinho com a testa) é profundo e largo. O focinho é curto e reto, afunilando na ponta. As pernas do Chihuahua têm tamanho médio. Ele possui em média 18 cm.

O peso médio do Chihuahua é de 0,5kg a 2,5kg. O seu corpo é enxuto, está sempre alerta, é vivaz, ágil e muito inteligente. Valente, é capaz de, corajosamente, enfrentar a cães maiores. É muito afetuoso com o dono, mas não tolera com facilidade os desconhecidos. Late furiosamente e dá o alarme ante o menor movimento suspeito. Os olhos são muito brilhantes e cheios. As orelhas são grandes e bem separadas entre si. Em estado de alerta mantém-se eretas. A pelagem do Chihuahua pode ser longa e ondulada (em exemplares mais raros), ou curta aderente e brilhante, na maioria dos exemplares.
Devido ao tamanho do Chihuahua, ele sente muito frio. Por isso, é bom colocá-lo para dormir em panos ou jornais sem tomar vento. Antes dos 60 dias é muito importante evitar que o filhote seja pisado.

Cuidados especiais: dar banho somente depois da última vacinação aos 4 ou 5 meses, 2 vezes por mês no verão e 1 no inverno.

Veja mais fotos:

.

.

.

A raça é originária do Japão. Sua função original era a caça e posteriormente chegou a ser usado para rinhas. Hoje o governo proíbe sua utilização em rinhas e procura manter a sua integridade.

Trata-se de um excelente cão de guarda e um ótimo companheiro, de caráter dócil e afetuoso com a sua família. No entanto, é bastante reservado com estranhos e não faz novas amizades com facilidade.

O Akita é um cão muito inteligente, tem um andar enérgico e é bastante imponente.

Possui pêlo duro, nem longo e nem curto. A pelagem exterior é dura e reta, e possui um sub-pêlo macio e abundante. A garupa e a cernelha são revestidas com um pêlo ligeiramente mais longo que o do resto do corpo. As cores são o vermelho fulvo, o sésamo (pêlos vermelhos com pontas pretas), o tigrado e o branco.

O tamanho dos machos é de 67 cm, e das fêmeas é de 61 cm na altura da cernelha, com tolerância de 3 cm para mais, ou para menos, desde que o exemplar tenha uma boa forma geral.

Veja mais fotos:

.

.

.

O São-Bernardo (Saint Bernardshund) pertence ao segundo grupo (cães de trabalho), e é considerado um cão de guarda e de salvamento. É um cão forte, de peito bem arqueado e ombros largos.

É um excelente companheiro, que adora as crianças. Respeita seu dono, é fiel e devotado à sua família. É muito tranquilo e gosta de companhia.

Ao contrário do que muitos podem pensar, o São-Bernardo não é um cão de difícil manutenção. Apesar de precisar de exercícios diários, mesmo depois de adulto, ele não precisa de tanto espaço. Um bom passeio de coleira diariamente trará a dose ideal de exercício para o cão que não tenha muito espaço em casa. Para as crianças, é um grande amigo. Sempre muito bem humorado, adora uma boa brincadeira.

Faz novos amigos com facilidade, mas na ausência de seu dono, o São-Bernardo tende a defender seu território, procurando afastar qualquer pessoa estranha à casa.

O tamanho mínimo para um São-Bernardo macho é de 70 cm na altura da cernelha, e para as fêmeas, 65 cm.

Os exemplares da raça de pelo curto são, geralmente mais leves, atingindo cerca de 75 kg (machos) e 65 kg (fêmeas). Os machos de pelo longo pesam entre 80 kg. e 100 kg. e as fêmeas pesam até 85 kg.

Veja mais fotos:

.

.

.

.

.

O seu pelo longuíssimo é uma das características que o torna muito atrativo. É inteligente e afetuoso com o dono, alegre, expressivo, qualidades que fazem dele um maravilhoso cão de companhia.
A sua conformação geral é a de um cão pequeno em relação à sua forma. É um cão elegantíssimo, com cabeça, calda, membros cobertos de pêlo sedoso, branco, muito brilhante e longo.

Mostra-se inteligente, de caráter vivaz e bastante apegado ao dono. figura entre os cães de companhia preferidos, pela brancura e vistosidade da rica pelagem.

Os seus olhos expessam vivacidade e inteligência, são grandes e redondos; as orelhas tendem a ser triangulares de inserção larga e alta. São totalmente cobertas de pêlos longos, espessos, não ondulados, que chegam, pelo menos à ponta dos ombros.
O Maltês tem pelagem densa, clara, brilhante, pesada, muito longa e de textura sedosa.O comprimento médio do pêlo é de 22 cm.
Os exemplares machos da raça medem entre 21 e 25 cm., e as fêmeas entre 20 e 23 cm. O peso fica entre os 3 e 4 kg.

Veja mais fotos aqui:

.

.

O Poodle é um dos mais famosos cães franceses. É um cão, considerado por especialistas, dos mais inteligentes. É capaz de aprender com extrema facilidade, o que o tornou muito difundido em todo o mundo. Além dessas qualidades, deve-se levar em conta sua beleza e originalidade.

Trata-se na realidade, de um cão anatomicamente bem constituído e muito gracioso, que se distingue também, pela sua característica tosa, que o diferencia de qualquer outra raça. É um excelente companheiro. De linhas harmoniosas, aspecto inteligente, constantemente alerta e ativo.

É famoso pela fidelidade, aptidão para o adestramento, obediência, o que faz dele um cão de companhia muito agradável. Seus olhos têm coloração marrom, âmbar escuro, ou preto, dependendo da pelagem.

São situados na altura do stop, e são levemente oblíquos. As orelhas são longas e a cauda de inserção bastante alta.

A pelagem do tipo crespa é abundante, de textura fina, lanosa, bem crespa, elástica e resistente a pressão da mão. A pelagem do tipo encordoado é, também, abundante, de textura fina e espessa que forma cordõesinhos típicos e longos, não inferiores a 20 cm. As cores são o preto, branco, marrom, cinza e abricó.

Quanto ao tamanho, temos quatro variedades: tamanho gigante, de 45 à 60 cm na altura da cernelha; tamanho médio, de 35 à 45 cm a altura da cernelha; tamanho miniatura ou anão, de 28 à 35 cm na altura da cernelha, e por fim o Toy, com no máximo 28 cm na altura da cernelha.

Veja mais fotos:

.

.

Veja sobre animais de estimações em:

Animais de estimação

A raça Basset Hound é uma raça recente, que foi trazida da Inglaterra no século XVII. Sua apresentação oficial foi no ano de 1883, quando foi reconhecida pelo Kenel Clube Britânico. Havia muita divergência entre os criadores que desejavam acentuar qualidades estéticas, ou realçar algumas características de cão de caça. Este conflito influiu na popularização da raça. O Basset Hound só se tornou popular quando introduzido nos Estados Unidos. É um excelente farejador, de temperamento calmo e amável. É extremamente manso, apegado ao dono e carinhoso. Muito resistente no trabalho de campo, o Basset Hound é capaz de fazer grandes caminhadas.

Acostumado a viver em matilha, não é um cão agitado, agressivo, ou tímido. Gosta de uma boa soneca e não necessita de grandes doses diárias de exercício. Pequenas caminhadas são suficientes para não torná-lo um cão obeso.


É uma raça de pernas curtas, e a sua ossatura é mais pesada em relação a altura, do que qualquer outra raça. O tamanho máximo do Basset Hound, medido na altura da cernelha é de 35 cm. O pêlo é curto, liso, áspero e aderente, denso o suficiente para suportar qualquer condição climática. Todas as cores características dos hounds são aceitas. Sua pele é frouxa e elástica.

Veja mais fotos:

.

.

.

Nesta raça, a harmonia das formas não está separada de múltiplos dotes de inteligência e caráter. Um lindo cão de trabalho e exposição, o Boxer tornou-se muito popular nas últimas décadas, em grande parte por seu notável valor, tanto em tarefas de defesa, como de proteção. De origem alemã, o Boxer é um cão de tamanho médio e pêlo raso e robusto. De estrutura curta, quadrada e ossos fortes, o Boxer movimenta-se com vivacidade, força e nobreza. Sua pelagem é curta, reluzente, muito aderente, amarela ou tigrada. Seus olhos são castanhos, e as orelhas implantadas altas, amputadas em ponta, discretamente longas. O caráter do Boxer é um fator muito importante. O cão deve ser fiel ao dono e a à casa inteira, vigilante, sempre alerta e desconfiado com estranhos. Em família é inofensivo, tem temperamento sereno e afetuoso durante as brincadeiras. É de adestramento fácil, e é muito leal, sem falsidade ou malícia, nem sequer na idade avançada.

Os machos medem de 57 a 63 cm., na altura da cernelha, e as fêmeas, de 53 a 59 cm. O peso deve estar de acordo com a altura do cão, ficando, em média, de 28 kg. a 30 kg.

Veja mais fotos:

.

.

Uma de suas principais características é a inteligência, que, aliada ao seu dote físico, lhe permite desenvolver não só tarefas que lhe são próprias, isto é, as de cão pastor, mas também as de adestramento policial, guarda, caça e obediência.
A estrutura física do Collie expressa força e agilidade. Conquista imediatamente como cão de grande beleza, demonstrando dignidade e nobreza, com cada zona do seu corpo bem proporcionada ao conjunto.

A altura varia de 56 cm a 61 cm para os machos; de 51 cm a 56 cm para as fêmeas, medidos na altura da cernelha. O peso pode variar de 18 a 29 kg.
A pelagem confere harmonia à forma do cão. Na variedade de pêlo longo (Rough Collie), a pelagem é muito densa, tem cobertura áspera e subpêlo suave e compacto, quase ocultando a pele.
A coloração admitida inclui três tons: marta e branco, tricolor e azul merle.

Veja mais fotos:

.

.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.