Não se deixe enganar por esta aparência frágil! Os Yorkshires podem ser descritos como uma bola de fogo dentro de uma embalagem pequena. Apesar de ser criado apenas como cão de companhia, todos os seus instintos de “grande” Terrier continuam vivos! Yorkies são vivos, inteligentes, curiosos, cheios de energia, cabeças-duras e extremamente apegado ao dono.


Tal como seus primos maiores, outros terriers, Yorkies têm opinião própria, são independentes e adoram manipular seus donos, conseguindo que estes acabem fazendo exatamente o que eles querem. Os machos parecem ser especialmente devotados aos donos e muito mais orientados para o convívio com os humanos do que as fêmeas. Também não é incomum ver estes pequenos camaradinhas desafiando cães bem maiores (na verdade, ser maior do que um York é fácil!), que invadem” o território que eles consideram propriedade particular. Sem demonstrar medo ou intimidação, nossos pequenos heróis disparam na direção dos grandões latindo furiosamente! “Saiam da minha frente seus feiosos!!!”, parecem dizer.


Apesar de toda esta personalidade forte, Yorkies aprendem muito rápido e, se forem treinados com amor e consistência, são capazes de executar qualquer comando de obediência como os melhores campeões. A dificuldade que muitos donos de Yorkies encontram na hora de treinar seus cãeszinhos a fazer xixi e cocô no lugar certo é na verdade mais por culpa dos donos do que dos cães. Acontece que, porque os filhotes são muito pequenininhos e o volume da sujeira não é nada assustador, a maioria dos donos não reforçam para seus cães a importância de fazer as necessidades no lugar correto, e acabam deixando o problema evoluir sem controle.

Yorkies adoram a companhia de seus donos e detestam ficar sozinhos por muito tempo. Apesar de adorarem brincar com crianças, quando estas são gentis e sabem como manusear cães de pequeno porte, é aconselhável não deixar que crianças muito pequenas fiquem pegando um Yorkshire no colo, especialmente enquanto ele ainda é um filhote. Uma boa dose de cuidado deve ser tomada já que, devido à natureza delicada destes cães, qualquer salto ou pulo de uma altura que seria normalmente considerada como sendo pequena, pode acabar machucando o bichinho.


Uma última recomendação é que Yorkies não deveriam ser comprados antes de 10 semanas de vida, e preferencialmente com 12 semanas de vida. Isso porque ao contrário de raças maiores, Yorkies ainda podem ser facilmente traumatizados antes de 10 semanas de vida e também podem, mais facilmente, contrair doenças e não sobreviver devido ao seu pequeno porte.

Veja mais fotos aqui:

.

.

About these ads